Diversos são os fatores que fazem um empresário avaliar a entrada da sua
empresa em um processo de M&A: viabilizar a profissionalização da
gestão, realizar os investimentos de anos e “colocar o dinheiro no
bolso”, dificuldades na continuidade dos negócios, entre outros.⠀

Independentemente de quais sejam esse motivos do lado da empresa, existe
a necessidade de planejar o caminho tanto sob a ótica do patrimônio
familiar dos acionistas quanto das questões emocionais pessoais que
envolvem uma transação dessa natureza. Isso sem falar nas dúvidas e
questões dos empresários sobre a gestão do patrimônio familiar no
pós-venda.⠀

Para explicar o planejamento do antes e depois de uma transação de M&A a
Taler convidou para sua Live Alamy Candido (Sócio-fundador do Candido
Martins Advogados), Denis Morante (Sócio-fundador da Fortezza Partners)
e Fernando Kunzel (Sócio-fundador da L6 Capital Partners).⠀

A conversa foi mediada pelo Head de Planejamento da Taler, Rodrigo
Sgavioli.⠀

z
Fechar